Veja aqui, artigos e dicas na área de decoração entre outros.

Fique por dentro de tudo que acontece na área da construção

Terça, 24 Abril 2018 05:09

Cimento, água e agregados. Essa é a composição básica do concreto. Mas para melhorar a maleabilidade e resistência do material, um quarto elemento é utilizado: aditivos. E eles são vários. A escolha varia de acordo com o resultado que se deseja obter na obra.

 

“Existem no mercado diferentes tipos, cada um com uma função específica. Dependendo da obra e da classe de agressividade que a estrutura estará sujeita, pode se utilizar um ou mais aditivos”, explica Rubens Curti, coordenador do laboratório de concreto da Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP).

 

Entre tantas opções, qual utilizar?

 

De acordo com Curti, os aditivos redutores – também conhecidos como polifuncionais – têm sido uma escolha frequente. Eles têm a capacidade de reduzir a água da composição do concreto e melhorar sua resistência.

Terça, 24 Abril 2018 04:50

As escadas pré-moldadas de concreto são produzidas em fábricas, degrau por degrau e depois transportados e montados no local da construção ou reforma.

 

Saiba as vantagens de ter esse modelo de escada tanto em casas quanto em empresas:

 

1. Facilidade de design

O arquiteto ou o projetista faz o projeto técnico com as medidas específicas de cada degrau, para que ela se encaixe perfeitamente no ambiente desejado.

Com as imagens em mãos, estes profissionais podem personalizar detalhes como tamanho e forma junto com seus clientes. Assim, a escada pode ter o design adequado antes da produção.

 

2. Instalação rápida

As escadas pré-moldadas exigem menos tempo de instalação. Por ser mais leve que as tradicionais ganha-se tempo e valorização do imóvel.

É importante contratar uma empresa especializada neste tipo de produção. A Escadas Tessare é referência de mercado em toda Região Metropolitana de Campinas e tem as melhores soluções para estas estruturas.

Terça, 24 Abril 2018 04:54

Compatíveis com a geometria de qualquer projeto, podem ser usadas em obras de pequeno a grande porte

 

Escadas pré-moldadas ajudam a minimizar os transtornos provenientes da moldagem no local da obra. “Além da fácil instalação, deixam o ambiente moderno, valorizam o espaço e aceitam todo tipo de acabamento”, revela Márcio Tessare, diretor da empresa Escadas Tessare.

 

Mesmo tendo inúmeros benefícios, planejamento é fundamental. “É necessário levar em conta o ambiente – que deve ser previsto desde o início do projeto. Isso evita que a escada fique em um local improvisado”, diz Paulo Pereira, designer de interiores. Além disso, é feita uma medição no local e, posteriormente, um desenho em 3D da escada. Esse detalhe é fundamental. “O cliente pode definir sua escada entre os diferentes tipos de geometrias existentes no mercado. Desta forma, elimina retrabalhos e reduz o número de etapas construtivas sem interferir na realização de outros serviços”, completa Paulo.

Terça, 24 Abril 2018 05:04

Para eliminar problemas no piso, basta seguir um passo a passo cuidadoso que envolve a aplicação de juntas de dilatação, execução de camada drenante em brita e adição de impermeabilizante à argamassa de regularização

 

O cimento queimado é prático, tem ótimo custo-benefício e prima pela versatilidade. A queima, como explica a engenheira Alessandra Lorenzetti, pesquisadora do Laboratório de Materiais de Construção Civil do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT), consiste em jogar cimento em pó sobre o piso de argamassa ainda em estado fresco.

 

COMO FAZER

Embora pareça simples, todo o processo deve seguir um passo a passo cuidadoso. O acabamento cimentício pode ser aplicado tanto sobre bases recém-executadas quanto sobre contrapisos já existentes. Na primeira situação, a argamassa seca é polvilhada sobre a argamassa de regularização ainda fresca e, posteriormente, alisada com desempenadeira metálica lisa, preferencialmente nova. “As bases devem ter idade de até seis horas para o lançamento da mistura seca. Base e acabamento devem curar juntas”, orienta Paulo Michelazzo, professor do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai).